terça-feira, 10 de setembro de 2019

Tom Clancy Ghost Recon Breakpoint - Ubisoft falhou outra vez(?)

Ora eu com certeza já virei o disco e por ser mais um título que promete algo e entrega outra coisa que não o esperado é algo que não quero mais ter de passar. Infelizmente corri a fazer o post anunciar o novo lançamento, mas foi fogo de pouca dura. Depois de entrar no programa BETA test a realidade do que o jogo será veio ao de cima e não só não me agradou em nada, como deixou uma forte e persistente queima de expectativa. 

ex·pec·ta·ti·va |eis...èctou |èt|

(francês expectative)
substantivo feminino
1. Acto ou efeito de expectar. = ESPERA
2. Esperança baseada em supostos direitosprobabilidadespressupostos ou promessas (ex.: o livro superou as expectativas).
3. Acção ou atitude de esperar por algo ou por alguémobservando. = ESPERANÇA

"expectativa", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/expectativa [consultado em 10-09-2019].

Quando se cola um novo lançamento a um franchise único tal como o Ghost Recon, mais concretamente Tom Clancy Ghost Recon Wildlands, logo à cabeça a ubisoft está a colocar a expectativa em uma franquia alta. Um dos grandes motivos é o tempo que separa ambos lançamentos e os problemas que o Wildlands teve no lançamento (mais tarde corrigidos). Mas se há algo horrível e que me afasta completamente de comprar o Ghost Recon Breakpoint é a falta de coerência entre um título e o o novo título.

Se por um lado temos o wildslands que tem uma história repleta de personagens, história, plot, falar e uma alucinante jogabilidade o mesmo não se aplica ao Breakpoint. Não obstante ser ainda um jogo hibrido em que a Ubisoft colocou a tag #BETA, o mesmo está quase na sua fase de lançamento (em outras palavras, se houvesse algum imput para sugerir melhorias, organicamente a base do jogo já está feita, mudar? seria necessário eventualmente refazer o jogo em si, algo que a ubisoft não fará.....).

Joguei a fase de teste (servidor fechado) e a fase de BETA e só no BETA é que ficou visível as crassas falhas cometidas, e as falhas acabam por ser tão criticas que está a afastar o core de gamers que realmente gostavam do franchise.

Mas o que está mal do Breakpoint?

* Bem para começar sem generalizar o jogo não é claro na história, não obstante ter jogado umas poucas horas, não compreendi em nada o que tenho de fazer, como fui ali parar e o que ganho se seguir o caminho, por faltar em caminho, não há... Basicamente andei alí meio perdido.

* As animações do teu personagem estão completamente esquisitas, não reais e parece mais um bug do que algo feito erradamente. Exemplo correr e ver o ecrã todo a tremer não sei o que é.. mas essa foi a opção dos desenvolvedores. porque? só eles poderão dizer. Basicamente o sistema de animação chega a ser quase tão horrível como no Division 2 (em certas partes da cidade o personagem não desce um simples degrau, para um jogo que é necessário flanquear um adversário ter um degrau como obstáculo ou é gozar com a cara de quem quer jogar ou não entendo de todo) ironia ou não, não se sabe à data se foi um bug ou feature. 

* O Breakpoint tem mais uma base meio estranha de shoterlooter do que o seu antecedente. Ninguém ainda entendeu porque o Breakpoint tem um hub (acampamento), quando o wildlands foi feito em uma descentralização desse conceito.. Para que hub? Por mais voltas que dê não se entende. Ainda para mais sendo uma suposta base, de sobrevivente, onde há mais armamento que no resto do jogo.

* Menus e User interface complexo, nada intuitivo e sinceramente uma autentica bosta. É bonito mas a beleza não tira complexidade. Muitas opções são completamente redundante, só estão ali para encher o menu ou pelo menos aparenta. 

* Inteligencia artificial dos inimigos é uma anedota. Não consigo explicar detalhadamente porque só visto, chega a ser patético ver os NPC's a patinar na estupidez. Se o jogo é focado no PVE é de esperar no minimo uma IA que fosse aceitável... Mas não é.

* existe muita coisa a correr no jogo, plot, ação. Mas não se compreende de todo qual a sua motivação, ou o que são na realidade. Inimigos? porque? High tech como? Quem são? porque estamos contra eles? quem sou eu? porque estou alí? qual é o meu motivo, a minha razão? defendo o que? Como o jogo não entrega minimas pistas. O breakpoint soa-me a um Anthem 2.0.

Ponto bom, o jogo visualmente está bonito, mas fica lá a questão de poder ser lindo, mas de que serve beleza se não há jogabilidade prática?

O grande ponto de desilusão é a Ubisoft não ter aprendido a lição de títulos do passado e persistir em patinar alegremente no mesmo erro, over and over again. Um forma ignóbil que a Ubisoft arranjou de apaziguar as ínumeras reclamações dos jogadores foi afirmar que está atenta ao feedback e pede feedback. A questão é que..... Não fazem absolutamente nada com esse feedback. De inúmeros posts que fiz no fórum recebi ZERO de feedback, seja direto ou indireto.

Pessoalmente não compreendo de todo por que a Ubisoft me mete nesses programas de beta teste, para no fim dar tudo como garantido, felizmente não fiz pre order e não irei comprar a versão final do jogo. Mais, esse breakpoint (o nome já por si diz como me sinto nisto tudo) é uma promessa de mais do mesmo depois do Division 2..... 

Porque se gastei perto de 100 euros no Division 2 e no fim só fiz uninstall.. por que o jogo SUCKS!!! não vou de certeza alimentar a falsa promessa e a expectativa que a ubisoft tentou colocar na comunidade. 

Nota: a minha observação não impede nem quer dizer que gostes ou não do jogo eu é que já estou demasiado queimado e desiludido. Mas há tanto jogo bom e bem feito no lançamento que não vale a pena pagar para fazer o trabalho deles. Se a Ubisoft não sabe o que é gameplay, emoção e gestão de espectativa da comunidade então o problema é unicamente deles, desenvolvedores do jogo ou decision makers... who the fuck cares?

O consumidor final quer um produto pronto, um jogo jogável, não retalhos e algo que só daqui a algum tempo trará entretenimento. 

Uplay já foi desinstalada para o BEM DO MEU DISCERNIMENTO. Com certeza não irei fazer mais nenhuma review de títulos da marca porque Ubisoft é algo que já removi não só do meu PC como do meu vocabulário.

Sem comentários:

Enviar um comentário

@spyvspyaeon

Follow Me